Pedro Carvalho

Os Parquímetros na Rua Antonio Costa Viseu em Rio Tinto, e o “Fadário” dos Moradores!

Em plena Crise Económica e Financeira na Zona Euro, que afecta toda a nossa sociedade e o nosso País, com a subida vertiginosa da Inflação, que provocou um aumento generalizado e brutal dos preços de todos os bens e de todos os serviços, como seria de esperar e já se anunciava e previa há algum tempo, o Banco Central Europeu teve de fazer subir as Taxas de Juro (Euribor) para minimizar a escalada generalizada dos preços, situação ainda mais agravada com a invasão da Rússia na Ucrânia e a Guerra que, provocou um aumento alucinante dos preços dos Combustíveis, da Energia Eléctrica e agora do Gás.   Como se não bastasse às Famílias Gondomarenses terem de enfrentar uma crise Económica sem precedentes, aqui por Gondomar, nomeadamente em Rio Tinto, e refiro-me especificamente ao caso da Rua Antonio Costa Viseu, o Executivo da Câmara Municipal de Gondomar (CMG) permitiu a Instalação de Parquímetros neste arruamento, sendo que estamos a falar de uma Rua estritamente urbanizada com Prédios e Moradias, com muito pouco ou quase nenhum comércio, ou seja de um local puramente Habitacional, onde agora dezenas de Famílias são obrigadas a pagar para terem direito a estacionar o carro em frente da sua Casa! É surreal, inacreditável e parece impossível, mas é verdade! Os Moradores desta Rua, para além de terem de pagar o IMI e todos os outros Impostos e Taxas Municipais são agora brindados pela CMG com esta preciosa ajuda para enfrentar as dificuldades da crise! É importante que todos os Gondomarenses saibam e tenham conhecimento que o Executivo Municipal do Partido Socialista (PS) não se preocupa em ajudar as Famílias a enfrentar as dificuldades provocadas pela maior crise das últimas décadas.  Mas não é só. Sim, porque o “Fadário” dos moradores desta Rua não termina aqui. Os Parquímetros foram instalados ilegalmente no local pela Empresa Concessionária, sem o conhecimento da Câmara Municipal de Gondomar, e começaram a cobrar o estacionamento aos moradores no passado dia 01 de Agosto, sem que os Moradores tivessem sido previamente informados desta situação, sem que previamente tivessem sido informados como poderiam obter “Dísticos” para os isentar de pagar para estacionar à porta da sua Casa. Os moradores aflitos, denunciaram esta situação à Câmara Municipal e à Junta de Freguesia de Rio Tinto, e infelizmente a Câmara Municipal na qualidade de Entidade Concedente não fez rigorosamente nada para que a Empresa Concessionária removesse os Parquímetros instalados de forma ilegal e sem autorização daquela Rua. Já a Junta de Freguesia de Rio Tinto, através do seu Presidente, rapidamente se apressou a responder aos moradores de que também não tinham sido previamente informados e que a responsabilidade desta situação era da Câmara Municipal de Gondomar, a quem os moradores deveriam dirigir as suas queixas e reclamações. É lamentável que o Presidente do Órgão Autárquico mais próximo dos Cidadãos de Rio Tinto não defenda os seus Fregueses de forma intransigente perante a inércia do Executivo da Câmara Municipal, mesmo que isso implique dar um “murro na mesa” e ter de enfrentar os seus colegas de Partido. Mas como é óbvio, os interesses Partidários falam mais alto do que a defesa dos Fregueses da sua Freguesia. É verdade que a responsabilidade desta situação é do Executivo da CMG, mas também é verdade que o Presidente da Junta de Freguesia de Rio Tinto, e também Deputado Municipal por inerência, deveria ter o brio e a obrigação de defender de forma intransigente os seus Fregueses, ainda por cima nestas circunstâncias e nesta altura tão difícil para as Famílias. Pedir os votos dos moradores é muito fácil, fazer-lhes promessas também, aparecer nas fotos das Festas e das Inaugurações das Obras ao lado do Executivo Municipal também, mas defender estes Fregueses já é difícil, porque vai ter colidir com os seus camaradas do PS que exercem a Governação da Câmara Municipal. Mas não é para isso que os Presidentes das Juntas de Freguesia são eleitos? Sim, é. Ou pelo menos deveria de ser.  Já as parcas respostas dadas pela CMG aos moradores desta Rua, ou a falta delas também demonstra bem a qualidade do Executivo Municipal que Governa os destinos do nosso Concelho. Já os moradores, esses para não serem obrigados a suportar os custos diários de estacionar os carros às portas das suas Casas, estão a optar por deixar as viaturas estacionadas na vizinha Freguesia de Pedrouços, na Maia! Sim, leram bem: os moradores da Rua Antonio Costa Viseu em Rio Tinto estão a estacionar em Pedrouços para não pagar os Parquímetros, porque ainda não conseguiram obter os “Dísticos” junto da Câmara Municipal de Gondomar, tudo isto numa altura em que as Famílias o que mais precisam é de apoio, o Executivo Municipal do PS faz ouvidos moucos deste assunto. É sempre mais fácil fechar os olhos e tapar os ouvidos do que ter de obrigar a Empresa Concessionária a cumprir o contracto de concessão que assinou com a Câmara Municipal de Gondomar.   E os moradores esses, continuam com a viver todos os dias com esta “Fadário”!  Da parte do CDS de Gondomar e do seu Grupo Municipal os moradores podem ter a certeza absoluta que iremos já nas próximas Assembleias Municipais defender os seus interesses, exortando o Executivo Municipal de Gondomar a tomar as diligências necessárias junto da Empresa para que cumpra rigorosamente o contracto que assinou e que retire os equipamentos indevidamente instalados!           

Últimas Notícias

As marcas do 25 de Abril e a importância dos 50 anos do fim da ditadura e da conquista da liberdade

22/04/2024

Rancho Regional de Fânzeres celebra 45 anos

22/04/2024

Entrevista a Pinto da Costa

19/04/2024

Entrevista a Nuno Lobo

19/04/2024

Entrevista a André Villas-Boas

19/04/2024

39ª EDIÇÃO DO FETAV COMEÇA A 6 DE ABRIL

2/04/2024

Universidade Sénior de Gondomar já é maior de idade

27/03/2024

CMOS COMEMORA PRIMEIRO ANO E BATE RECORDE NO TEMPO DE DESPACHO DE MEIOS

26/03/2024