Concelho de Gondomar Destaque Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim

Lar Francisco de Assis estará pronto no final do próximo ano

A Associação Dignidade e Futuro de Gondomar foi criada em 2010 por Maria Amélia Ribeiro, baseada na sua vida profissional enquanto funcionária da Administração Pública e também como parte integrante na área da saúde como bombeira, decidiu criar uma Associação de âmbito social. O Vivacidade esteve à conversa com fundadora desta entidade. 

Como é que surgiu a ideia de fundar a Associação Dignidade e Futuro de Gondomar?

A área social precisa de pessoas que se disponibilizem para ajudar, todos precisamos, mas há sempre uns que precisam mais que outros a nível de pobreza, não só económica, mas também social, e nós estamos aqui para ajudar em todas as vertentes quer económica quer social. 

Neste momento, está em construção o lar Francisco de Assis, ao lado da igreja dos Capuchinhos, porque a criação deste equipamento? 

Passado um ou dois anos da nossa fundação, em colaboração com os capuchinhos de Gondomar, cederam-nos aquele terreno ao lado da igreja onde está a ser construído o lar São Francisco de Assis. Foi um processo difícil, porque isto envolve muita burocracia. Decidimos avançar pela necessidade de criar uma residência como resposta social em Gondomar, que não há nenhum equipamento deste tipo. Isto é uma resposta social e vai ser um lar residencial.

Que condições terá este local para os que usufruam deste espaço?

É um equipamento social que tem capacidade para acolher 60 idosos. Idosos com alguma dependência, nem que seja apenas fruto da sua idade. Vai albergar aqueles que precisarem, com a ajuda da Segurança Social. Como tivemos o apoio do PRR, para a sua construção, alguns destes lugares tiveram de ser através da segurança social e dos seus critérios. 

Qual é o orçamento para esta empreitada?

A nossa obra está orçada em cerca de 2 milhões e 800 mil euros. Nós só avançamos para a construção porque o Estado nos tem apoiado. Caso contrário, seria muito difícil. Tivemos o apoio do PRR de cerca de 2.171.900 milhões de euros, assinamos o contrato o ano passado. Fizemos um concurso público e já temos empresa para realizar a obra que é a António SS, António Simões e Simões. 

O Arquiteto Mário Marques, também vice-presidente desta associação, fez o projeto do lar de forma gratuita porque não tínhamos hipótese de o fazer de outra forma, foi uma mais-valia, estávamos completamente a zeros em termos financeiros e temos tido o apoio de muita gente. 

Houve pessoas que tentaram ajudar monetariamente de forma a garantir o lugar no lar, mas como não tínhamos a certeza da concretização deste equipamento não aceitamos. Quero que isto fique muito claro.

Qual é a data prevista de conclusão do lar?

Já está a começar a construção, este projeto tem de estar completo no final do próximo ano. 

Há alguém que queira agradecer por ter ajudado a tornar possível a construção deste equipamento?

Aos capuchinhos, na pessoa do Padre Fonseca e do Frei António Martins, que é o provincial dos capuchinhos em Portugal. À Camara Municipal de Gondomar, aos Associados, a todos os que nos têm dado donativos e a toda a direção por acreditar neste projeto. Por último, e não menos importante, à empresa construtora, na pessoa de António Simões, que tem sido excecional. 

Termino fazendo o seguinte apelo à comunidade: Ajudem-nos contribuindo para o projeto, porque o valor vindo do PRR é insuficiente, necessitamos, ainda, de cerca de 600 mil euros para completar a construção. Precisamos do apoio de todos! – alterar citação a negrito

Últimas Notícias

39ª EDIÇÃO DO FETAV COMEÇA A 6 DE ABRIL

2/04/2024

Universidade Sénior de Gondomar já é maior de idade

27/03/2024

CMOS COMEMORA PRIMEIRO ANO E BATE RECORDE NO TEMPO DE DESPACHO DE MEIOS

26/03/2024

EUROBOL TRAZ A GONDOMAR VÁRIAS EQUIPAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

26/03/2024

Walking Football um desporto que combate o isolamento

26/03/2024

RAMMWERK: TRIBUTO À BANDA RAMMSTEIN

25/03/2024

RALI DE GONDOMAR REGRESSA NO PRÓXIMO MÊS

25/03/2024

Câmara de Gondomar tomou posse do Cemitério da Triana

13/03/2024