Paulo Silva Vozes da Assembleia Municipal

Em Gondomar, o PS é o "coveiro" das freguesias

Não há muito mais a dizer sobre a reforma administrativa (Passos/Relvas) que extinguiu/agregou centenas de freguesias em Portugal, para além das seguintes ideias: foi imposta e não trouxe nenhuma vantagem. 

Em Gondomar, a reforma expressou-se na passagem de 12 para 7 freguesias. À época, em Gondomar, para além da cumplicidade das estruturas concelhias do PSD e do CDS, todos se opuseram à reforma, inclusive os presidentes de junta do PSD, sendo que a maioria dos presidentes de junta de Gondomar participaram numa manifestação em Lisboa contra a extinção das freguesias, inclusive o atual presidente da Câmara. 

Após a promessa de reversão da lei, depois de empurrar o assunto com a barriga nos últimos 7 anos, o PS decidiu criar uma lei que abre espaço à desagregação das freguesias. Uma lei, diga-se, de grande complexidade e a cumprir-se num curto espaço de tempo. Não deixa de ser curioso que para se reverter uma imposição se exija que se justifique tudo e mais alguma coisa. 

Mas, ao contrário do que era expectável, ao contrário do que foi assumindo desde o início, o PS Gondomar decidiu boicotar a desagregação das freguesias. E como o faz? Ou opta pelo silêncio ou propõe um processo burocrático infindável, alinhando na proposta impraticável (e até ilegal) do PSD de propor um referendo. 

Os atuais responsáveis do PS em Gondomar (Câmara e Juntas) ficarão para sempre ligados à não desagregação das freguesias, cuja possibilidade foi aberta este ano. Não se esqueçam disso.

Os eleitos da CDU desejam a todos os leitores, um Feliz Natal e um ano de 2023 com muita paz, esperança e prosperidade por um futuro melhor.

Não há muito mais a dizer sobre a reforma administrativa (Passos/Relvas) que extinguiu/agregou centenas de freguesias em Portugal, para além das seguintes ideias: foi imposta e não trouxe nenhuma vantagem. 

Em Gondomar, a reforma expressou-se na passagem de 12 para 7 freguesias. À época, em Gondomar, para além da cumplicidade das estruturas concelhias do PSD e do CDS, todos se opuseram à reforma, inclusive os presidentes de junta do PSD, sendo que a maioria dos presidentes de junta de Gondomar participaram numa manifestação em Lisboa contra a extinção das freguesias, inclusive o atual presidente da Câmara. 

Após a promessa de reversão da lei, depois de empurrar o assunto com a barriga nos últimos 7 anos, o PS decidiu criar uma lei que abre espaço à desagregação das freguesias. Uma lei, diga-se, de grande complexidade e a cumprir-se num curto espaço de tempo. Não deixa de ser curioso que para se reverter uma imposição se exija que se justifique tudo e mais alguma coisa. 

Mas, ao contrário do que era expectável, ao contrário do que foi assumindo desde o início, o PS Gondomar decidiu boicotar a desagregação das freguesias. E como o faz? Ou opta pelo silêncio ou propõe um processo burocrático infindável, alinhando na proposta impraticável (e até ilegal) do PSD de propor um referendo. 

Os atuais responsáveis do PS em Gondomar (Câmara e Juntas) ficarão para sempre ligados à não desagregação das freguesias, cuja possibilidade foi aberta este ano. Não se esqueçam disso.

Os eleitos da CDU desejam a todos os leitores, um Feliz Natal e um ano de 2023 com muita paz, esperança e prosperidade por um futuro melhor.

Últimas Notícias

Entrevista a Pinto da Costa

19/04/2024

Entrevista a Nuno Lobo

19/04/2024

Entrevista a André Villas-Boas

19/04/2024

39ª EDIÇÃO DO FETAV COMEÇA A 6 DE ABRIL

2/04/2024

Universidade Sénior de Gondomar já é maior de idade

27/03/2024

CMOS COMEMORA PRIMEIRO ANO E BATE RECORDE NO TEMPO DE DESPACHO DE MEIOS

26/03/2024

EUROBOL TRAZ A GONDOMAR VÁRIAS EQUIPAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

26/03/2024

Walking Football um desporto que combate o isolamento

26/03/2024