O Natal, por tradição, é a época do ano em que as famílias se juntam na noite de consoada para confraternizar, e o dia do ano em que se geram mais resíduos. Assim, a recolha de resíduos na época de Natal e de Ano Novo irá ser realizada por forma a criar o mínimo de transtornos, pelo que irá haver um reforço de meios de modo a garantir a limpeza das ruas do concelho neste período.

Nos dias 24 e 31 de dezembro (5ªs feiras), toda a recolha será antecipada da seguinte forma: recolha diurna decorrerá das 7h até às 13 horas e a recolha noturna decorre entre as 13h e às 19 hora. Nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro (6ªs feiras) não se realizará a recolha de resíduos, com a exceção da recolha dos Ecopontos e dos contentores Moloks, habitualmente recolhidos às sextas feiras, e das zonas de Recolha Seletiva Porta-a-Porta de São Pedro da Cova, Rio Tinto, Baguim, Fânzeres e S. Cosme, em que a recolha será efetuada nos horários habituais.

No entanto, de modo a precaver situações de acumulação de resíduos, estarão nas ruas cinco equipas diurnas e cinco equipas noturnas para a recolha adicional de contentores que eventualmente estejam cheios. Nos dias 26 de dezembro e 02 de janeiro -sábados- a recolha será efetuada nos horários habituais. Desta forma, pretendemos não só manter a recolha regularizada, como também ir ao encontro das expectativas dos trabalhadores e dos seus familiares que pretendem conviver nestes dias de grande relevância para todos, sem colocar em causa o normal funcionamento do serviço. O vereador José Fernando sublinha a importância da reciclagem e deixa o apelo a todos os Gondomarenses, para que separem os resíduos e utilizem os ecopontos, ou os circuitos de recolha seletiva existentes, evitando desta forma a sobrelotação dos contentores de resíduos indiferenciados com resíduos recicláveis, contribuindo para uma época festiva amiga do ambiente. O responsável do ambiente de Gondomar anuncia que “não podemos, no entanto, deixar de fazer um pedido especial aos Gondomarenses, uma vez que devido à pandemia em que vivemos, este tem sido, e continua a ser, um ano que muito tem exigido de todos nós em prol da saúde pública, para que festejem de forma cuidadosa evitando riscos desnecessários, com respeito pelas regras de prevenção”. ▪

Últimas Notícias

Entrevista a Pinto da Costa

19/04/2024

Entrevista a Nuno Lobo

19/04/2024

Entrevista a André Villas-Boas

19/04/2024

39ª EDIÇÃO DO FETAV COMEÇA A 6 DE ABRIL

2/04/2024

Universidade Sénior de Gondomar já é maior de idade

27/03/2024

CMOS COMEMORA PRIMEIRO ANO E BATE RECORDE NO TEMPO DE DESPACHO DE MEIOS

26/03/2024

EUROBOL TRAZ A GONDOMAR VÁRIAS EQUIPAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

26/03/2024

Walking Football um desporto que combate o isolamento

26/03/2024