Pedro Carvalho

A falta de limpeza das Ruas e dos Espaços Públicos em Gondomar

Para quem vive e para quem trabalha em Gondomar, ou ainda para quem visita o nosso Concelho, é bem visível a falta de limpeza das Ruas e dos Espaços Públicos. E isto é transversal a todas as Freguesias Urbanas do Concelho, e ultimamente, temos recebido inúmeras queixas de moradores de São Pedro da Cova, de São Cosme e de Valbom. A única Freguesia que escapa nesta avaliação por parte dos Gondomarenses, é Rio Tinto. O que é lamentável, porque nos últimos anos, parece que há Gondomarenses de primeira, e Gondomarenses de segunda. 

E neste assunto, o Partido Socialista (PS), o Executivo Municipal de Gondomar e os Senhores Presidentes de Junta são todos responsáveis. E porque é que são todos responsáveis? Porque andaram durante os últimos anos a apontar críticas ao trabalho realizado pela empresa Rede Ambiente. E em bom abono da verdade, essas críticas tinham fundamento e tinha justificação. O problema é que agora, que estes trabalhos foram retirados da competência da Rede Ambiente, e transferidos para a competência das Juntas de Freguesias, em alguns casos estamos exactamente na mesma, e noutros estamos pior! Muito pior! Basta ir a São Pedro da Cova ou a Valbom e falar com os moradores.

O Partido Socialista, o Executivo Municipal e os Executivos das Juntas de Freguesia, em meados do ano passado, encheram as Redes Sociais, a Comunicação Social, com propaganda, anunciando com pompa e circunstância, a transferência de competências da Câmara Municipal para as Juntas de Freguesia, neste âmbito. Nós não estamos contra a esta transferência de competências. Antes pelo contrário. O que criticamos, é a falta de coerência de quem andou anos a fio a criticar a Rede Ambiente pelo mau trabalho realizado, ou pela falta dele, e que supostamente, com a transferência de competências para as Juntas de Freguesia, que este problema ficaria resolvido. Pelos vistos não. 

E supostamente não é pela falta de verbas financeiras, nem de recursos humanos, ou de equipamentos. Porque na sequência desta delegação de competências da Câmara Municipal de Gondomar para as diversas Juntas de Freguesia, foram também aprovadas a transferência de verbas, a transferência de funcionários e de equipamentos. Então agora, será falta de quê? 

Na altura na Assembleia Municipal, questionamos se as verbas seriam suficientes para realizar os trabalhos. O Executivo Municipal e os Senhores Presidentes de Junta afirmaram que seriam suficientes. Acreditando que sim, porque até agora que seja público, ninguém disse o contrário. Posto isto, se os recursos humanos, os meios financeiros e os equipamentos são suficientes, o que parece ser agora, é falta de planeamento, falta de organização, falta de fiscalização, ou falta de percorrer as Freguesias e ver onde é que é preciso intervir! Porque locais não faltam!

Falei do Centro de Saúde de Valbom, como também poderia falar, por exemplo, do Bairro do Mineiro em São Pedro da Cova, que também se encontra cheio de ervas por cortar nos passeios das várias Ruas. 

Ou seja, estamos a falar de situações evidentes em que se verifica a falta de limpeza e de manutenção dos espaços. A situação em São Pedro da Cova é mais grave, porque se junta novamente, a existência de baratas, que constituem um verdadeiro perigo de salubridade para a Saúde Públicas dos Moradores.

Esperemos que os vários apelos dos moradores, quer junto das Juntas de Freguesia, quer na Comunicação Social, quer nas Redes Sociais seja suficiente para despertar o sentido de responsabilidade de quem foi eleito pelo povo para fazer o seu melhor, em prol de cada Freguesia e de Gondomar!

Últimas Notícias

As marcas do 25 de Abril e a importância dos 50 anos do fim da ditadura e da conquista da liberdade

22/04/2024

Rancho Regional de Fânzeres celebra 45 anos

22/04/2024

Entrevista a Pinto da Costa

19/04/2024

Entrevista a Nuno Lobo

19/04/2024

Entrevista a André Villas-Boas

19/04/2024

39ª EDIÇÃO DO FETAV COMEÇA A 6 DE ABRIL

2/04/2024

Universidade Sénior de Gondomar já é maior de idade

27/03/2024

CMOS COMEMORA PRIMEIRO ANO E BATE RECORDE NO TEMPO DE DESPACHO DE MEIOS

26/03/2024